Parte VIIISiena - FirenzeSentada na Piazza del Campo, pouso pela primeira vez os olhos em "A Um Deus Desconhecido", de Steinbeck. Sinto-me tão bem, tão em paz... Por um instante abraço tudo o que tenho junto ao peito, destacando-lhe a juventude e uma saúde quase (quase) em equilíbrio. Itália está a devolver-me a luz, a … Continue reading