Carta aos meus filhos #111

Na semana passada houve um dia em que fez muito calor. A caminhar pela rua, a mamã sentiu o perfume das roupas estendidas no varal, em Almada Velha, e, num troço da calçada, alguém tinha despejado um balde de água com detergente floral. A sensação de calor e de ar perfumado foi tão forte, que o coração da mamã sofreu uma reanimação e, durante quinze segundos de prazer sensorial, amei-o mais do que nunca.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s